CINOLITERATURA ESTRANGEIRA
FICÇÃO

 

 

Flush - Memórias de Um CãoMemórias de um
CãoTimbuktuA Hora Entre o Cão e o LoboMiles - Um Cupido
DiferenteUm Cachorro de SorteA Arte
de Correr na ChuvaA História de Edgar SawtelleUm Livro Perigoso pra Cachorro
4 Vidas de um Cachorro4 VidasUma Segunda ChanceTimoleon Vieta Volta Para CasaRose na
TempestadeUm Milagre Chamado GraceSoldierA Mais Pura VerdadeBoomerSombra

O
Chamado da FlorestaO
Chamado da Floresta - L&PMO Chamado da Floresta - L&PMO Grito da Selva - NacionalO Chamado da Selva - NacionalChamado Selvagem - EdiouroAs Vozes da
FlorestaO Apelo da
Selva - Abril
 
Caninos Brancos -
ÁticaCaninos Brancos - L&PMCaninos Brancos - Martin ClaretCaninos Brancos - MelhoramentosCaninos Brancos - RideelCaninos Brancos - Editora ScipioneCaninos Brancos - Círculo do Livroquadrinhos


4 Vidas de um Cachorro (W. Bruce Cameron) paw

Um cachorro nasce vira-lata, tem uma vida curta e morre. Para sua surpresa, logo ele se vê no meio de uma nova ninhada de cãezinhos, agora Golden Retrievers. Então, ele se pergunta: Por quê? Qual o motivo? Tenho eu uma missão especial a cumprir? Ele recebe o nome de Bailey, tem uma vida feliz ao lado de Ethan, o seu menino, e morre sentindo que completou a missão. Qual nada; logo ele renasce, agora como Pastor-alemão e é batizado de Ellie. Outra vida completa e feliz, e ele agora tem certeza que sua missão terminou. Não, ainda não. Ele volta e nesta nova vida recebe o nome de Amigão (Buddy, em inglês, um nome bastante comum para cachorros).

O livro vai virar filme.


Editora: Agir (2011) - Harper Collins Brasil (2016)
Título original: A Dog's Purpose
Tradução: Regina Lyra


A Arte de Correr na Chuva (Garth Stein) 

Enzo, o cão, conta sua vida com seu dono Denny, um rapaz que adora corrida de carros, principalmente Fórmula 1. Grande fã de Ayrton Senna, Denny acaba passando para Enzo lições aprendidas com o ídolo (como a arte de correr na chuva), que são úteis não só nas pistas de corrida.
 

Editora: Ediouro (2008)
Título original: The Art of Racing in the Rain
Tradução: Elvira Serapicos
ISBN: 978-85-0002-256-2


A História de Edgar Sawtelle (David Wroblewski)

O avô de Edgar começou a criar cães quando jovem, animais que logo ficaram conhecidos como Sawtelles; um dos dois filhos dele, pai de Edgar, continuou com a tradição. Tendo crescido entre cães (em uma fazenda no estado americano de Wisconsin), Edgar sente por eles um grande carinho e uma de suas melhores amigas é a cadela Almondine. O menino não fala — ele não é surdo e os médicos nunca souberam explicar o porquê do silêncio de Edgar; mas, como sua mãe lhe ensinou a linguagem dos sinais desde pequeno, ele cresce feliz, sem nenhum problema quanto à como se comunicar com as pessoas e o mundo.

Quando ele chega à adolescência, seus pais dão a ele a responsabilidade de cuidar de uma ninhada Sawtelle, desde o parto, treinamento, até a colocação (adoção por parte de terceiros): são 7 filhotes: Essay, Tinder, Baboo, Umbra, Pout, Opal e Finch, nomes escolhidos por Edgar (o que já era uma de suas responsabilidades no canil).

Tudo vai bem, até que Claude, seu tio paterno, volta para casa e destrói sua  família; nesta hora tempestuosa de sua vida, Edgar foge para a floresta Chequamegon com 3 dos cães de sua ninhada — ele pode contar somente com seus amigos caninos, a fim de retomar sua casa, os amados cães Sawtelle e ainda provar que seu pai foi assassinado pelo próprio irmão.

Baseado em Hamlet, de Shakespeare.


Editora: Intrínseca (2009)

Título original: The Story of Edgar Sawtelle
Tradução: José Rubens Siqueira
ISBN: 978-85-9807-856-4


A Hora Entre o Cão e o Lobo (Eva Hornung) paw

Romochka, um menino de apenas 4 anos, se vê abandonado à própria sorte quando, num dia de inverno em Moscou, todo o seu mundo desaparece de repente: sua mãe, seu tio, os móveis de sua casa, os vizinhos do prédio onde mora... Ele então se aventura a cruzar os muros de seu antigo lar e acaba seguindo uma cadela até o porão de uma igreja abandonada onde ela — Mamochka — se esconde do mundo com dois filhotes já crescidos e mais 4 que ainda mamam. Romochka passa a viver com a matilha, que o trata como se fosse um dos seus. Ele aprende a agir como um cachorro, a caçar, ainda que não tenha as mesmas habilidades dos animais, como o olfato apurado. Mas o menino, afinal de contas, é um menino — tem mãos que podem carregar sacolas cheias de comida e inteligência humana para garantir a sobrevivência da matilha nas ruas de Moscou, entre outros cães e pessoas abandonados pela sorte. Encontrado por um casal de cientistas, será que este menino selvagem vai voltar a se adpatar a uma vida exclusivamente humana?

Editora: Argumento (2010)
Título original: Dog Boy
Tradução: Juliana Lemos
ISBN: 978-85-8876-312-8



A Mais Pura Verdade (Dan Gemeinhart)

"Nunca é tarde demais para viver a maior aventura da nossa vida! Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido - um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças. Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça."


Editora: Novo Conceito
Título original: The Honest Truth
Tradução:


Caninos Brancos (Jack London) 

Publicado em 1906, o livro conta a história de um lobo (Caninos Brancos) que, depois de um difícil começo de vida em um mundo selvagem (território do Yukon, Canadá, durante a Corrida do Ouro no Klondike, no final do século XIX) e circustâncias terríveis nos primeiros anos vivendo no meio dos homens, acaba transformando-se num querido animal de estimação. A trajetória de Caninos — argila moldada por tudo que passou, deu e recebeu — pode ser vista como uma metáfora sobre os marginais humanos, principalmente crianças, argilas moldadas por uma sociedade cruel, onde muitas vezes a fome, a exclusão e a violência imperam. A edição da Melhoramentos (parte da coleção Obras-Primas Universais) é muito interessante, quase uma enciclopédia: além das belas ilustrações, há entradas sobre quase todos os elementos descritos no livro: lobos, trenós, cabanas, cidades e vilarejos, tribos indígenas etc, com documentos, gravuras e fotos da época.

Em 1991, Caninos Brancos virou filme — dirigido por Randal Kleiser e estrelado por Ethan Hawke, Klaus Maria Brandauer, Seymour Cassel e Jed como Caninos Brancos — mas sem ser muito fiel à história do livro: Jack Conroy procura Alex Larson para pedir sua ajuda na busca de uma mina de ouro encontrada na região de Klondike por seu falecido pai Scott Conroy. Larson inicialmente não quer levar o garoto, mas seu companheiro Skunker o convence do contrário. Os três partem com uma matilha de cães e mais o falecido Dutch, bem acomodado em seu caixão (no inverno, o solo fica congelado, tornando impossível enterrar corpos, então é preciso viajar até uma cidade que tenha cemitério); no meio do caminho, um acidente faz com que o caixão se arrebente, revelando um fato bastante curioso... Enquanto isto, um lobinho (Mia Tuk, Caninos Brancos) começa uma jornada pelas terras geladas do Canadá; seu caminho se cruza com o de Jack e os dois acabam criando laços de amizade muito fortes. Disponível em DVD. Em 1992, a Editora Abril lançou uma revista em quadrinhos com uma adaptação do filme. Tanto esta revista quanto as edições mais antigas de Caninos Brancos (como a da Melhoramentos), podem ser encontradas em sebos (Estante Virtual, por exemplo).

Em 1903, O Chamado da Floresta, do mesmo autor, contava uma história reversa — a do cachorro que, depois de ser sequestrado, acaba indo viver com os lobos do Alasca.


Título original: White Fang

Editora: Ática (1999)
Tradução: Geraldo Galvão Ferraz

Editora: L&PM (L&PM Pocket #266, 2011)
Tradução: William Lagos

Editora: Martin Claret (A Obra-Prima de Cada Autor #38, 2003)
Tradução: Pietro Nassetti

Editora: Scipione (2008)
Adaptação: Laura Becellar

Editora: Melhoramentos (1998)
Tradução: Antivan Guimarães Mendes
Ilustrações: Philippe Munch
Comentário: Philippe Jacquin
Tradução das legendas: Maria Alice Araripe de Sampaio Dória

Editora: Círculo do Livro (1993)
Tradução: Vera Caputo e Luiz Roberto Mendes Gonçalves


Conheça Miles, Um Cupido Diferente (Jane May) 

Jen e Bob vão à Sociedade Protetora dos Animais de Nova Iorque, e lá escolhem um cãozinho invocado, mistura de Chihuahua, Dachshund e algumas outras raças. Ele se chama Miles e logo se apaixona pelos novos donos e pela nova vida. Até que sua paz é perturbada por causa de uma mulherzinha sem-vergonha que se mete entre seus donos, separando o casal. Miles simplesmente não aceita tamanha tragédia, e vai fazer de tudo para que Bob e Jen voltem as boas. Parceiros novos, nem pensar! É o próprio Miles quem narra a história.
 

Editora: Arx (2007)
Título original: Doggy Style (2006)
Tradução: Elizabeth Neilson
ISBN: 978-85-7581-263-1


Flush - Memórias de Um Cão (Virginia Woolf) 

Livro menos conhecido de Virginia Woolf (1882-1941), mas uma pequena obra prima. É uma história baseada em fatos e pessoas reais — o Cocker Spaniel Flush (1842-?) foi o cão de estimação dos poetas ingleses Robert Browning (1812-1889) e Elizabeth Barrett Browning (1806-1861). O cachorro foi dado à Elizabeth quando esta era ainda solteira, pela amiga (poeta, escritora e dramaturga) Mary Russell Mitford (1787-1855).

Para escrever o livro, Virginia baseou-se nas cartas de amor trocadas pelo casal de poetas, nas quais o amigo canino era constantemente citado (a imagem do cachorro deles me fez rir tanto que não pude deixar de dar-lhe vida). Publicado em 1933, Flush foi um sucesso de vendas, proporcionando à escritora uma folga financeira que ela jamais havia experimentado. A obra descreve os fatos da vida percebidos pelos olhos de Flush — e que animalzinho atento ele era!

Elizabeth Barrett Browning

A obra mais famosa de Elizabeth Barrett Browning é Sonnets from the Portuguese (Sonetos Traduzidos do Português), uma coletânea de sonetos de amor; um destes — o de número XLIII — é considerado o mais belo poema de amor escrito por uma mulher, em língua inglesa.

O título da obra se deve ao fato de que Elizabeth não queria publicá-los por achar que eram muito pessoais; seu marido, que achava os sonetos a melhor coisa desde Shakespeare, insistiu que fossem publicados e então ela escolheu este título para que parecesse que eram uma tradução — e não sua própria história de amor.

Já outra versão diz que, para escapar da vigilância de seu tirânico pai, Elizabeth os escrevia e dizia a ele que eram traduções da obra de Camões... Elizabeth e Robert, inclusive, tiveram que se casar secretamente (em 1946) e fugir para a Itália (levando Flush com eles) por causa do pai dela — que nunca a perdoou. Em Florença, passaram a viver na Casa Guidi; foi lá, em 1849, que nasceu o único filho do casal, Pen. Pen, como os pais, dedicou-se às artes, mas como pintor e escultor; ele casou-se, mas não teve filhos. Morreu em 1912.

Barrett Browning dedicou dois poemas para Flush: Flush ou Fauno? e To Flush, My Dog.

Editora: L&PM Pocket
Título original: Flush - A Biography

Tradução: Ana Ban
ISBN: 85-254-1297-X


Memórias de Um Cão (Peter Mayle) 

O inglês Peter Mayle um dia resolveu mudar de vida e foi morar na Provence, França; lá, escreveu dois livros de sucesso — Um ano na Provence e Toujours Provence. Não demorou muito para que seu cão metido a filósofo Boy decidisse que também deveria "escrever" alguma coisa... Boy optou por colocar no papel as suas memórias, contando tudo (e divagando muito): desde o sofrimento de sua infância (quando foi abandonado pela mãe natural e depois maltratado pelo primeiro dono), até a boa vida na casa do escritor que o adotou — sem nunca esquecer das chateações que uma família humana pode causar a um pobre cachorro.

Obs.: Gatos, Poodles, Corgis, Terriers, cachorros de pernas curtas em geral e bebês podem ficar ofendidos com o conteúdo deste livro.

Obs.²: Boy é fã do jogo "Bolinha", tal qual o Anton!
 

Editora: Rocco (1997)
Título original: A Dog's Life
Tradução: Waldéa Barcellos
Ilustrações: Edward Koren
ISBN: 85-325-0735-2


O Chamado da Floresta (Jack London) 

Publicado em 1903, o livro conta a história de um cão doméstico que, devido a circustâncias terríveis, acaba transformando-se num lobo selvagem no Alasca.

Buck é um cão que tem uma vida feliz e relativamente tranquila na fazenda de seus donos, até que é roubado por um dos empregados e vendido para contrabandistas de cães — em 1897, a corrida do ouro no deserto e gelado Klondike está no auge e os cachorros puxadores de trenó são mercadorias valiosas. Passado para novos donos, Buck tem que enfrentar uma dura realidade (e se adaptar rápido a ela se quiser sobreviver): homens brutos, a concorrência com outros cães e as terríveis condições climáticas do território canadense do Yukon.

Publicado no Brasil também com os títulos O Grito da Selva (Editora Nacional), Chamado Selvagem (Ediouro), O Chamado da Selva (Editora Nacional, adaptado para jovens leitores), As Vozes da Floresta (Clube do Livro, tradução de Sylvio Monteiro, 1967) e O Apelo da Selva (Editora Abril).

Em 1906, Caninos Brancos, do mesmo autor, conta uma história reversa — a do lobo (descendente de Buck) que deixa de ser selvagem e se torna um animal doméstico.

Título original: The Call of the Wild
Editora: Ática (2002)
Editora: L&PM (L&PM Pocket #280, 2011)
Tradução: William Lagos


O Último Desejo de Boomer (Sue Pethick)

"Quando seu adorável companheiro canino, Boomer, é diagnosticado com uma rara condição cardíaca, Jennifer Westbrook decide tirar uns dias de seu atarefado trabalho de relações públicas e levar Boomer para a melhor viagem de sua vida. Traçando um percurso de Chicago à Califórnia, Jennifer planeja para seu companheiro de quatro patas algumas paradas em lugares inusitados, como um show de cães, um museu de hidrantes e uma fábrica de brinquedos barulhentos. Porém, ao tentar entrar com Boomer disfarçado de cão-guia na área de imprensa de uma corrida da NASCAR, o disfarce de Jennifer é desco-berto por um belo e curioso repórter chamado Nathan Koslow. Nathan rapidamente se apega a Boomer, ao contrário dos outros ho-mens na vida de Jennifer. Quando o encantador jornalista pede para se juntar a eles na jornada, ela não consegue recusar. É então que descobre que alguém criou um site chamado O último desejo de Boomer, que acaba viralizando, e com isso rumos inesperados são definidos para a viagem de Jennifer, Nathan e o cachorro que os uniu. Será que o último desejo de Boomer se tornará realidade?"

Editora: Universo dos Livros
Título original: Boomer's Bucket List
Tradução: Francisco Sória


Rose na Tempestade (Jon Katz) pawpawpaw

"No meio de uma terrível nevasca, a cadelinha Rose insiste em dar conta de seu trabalho como pastora enquanto nos deixa a par de suas curiosas reflexões: onde está Katie, que ela nunca mais viu, embora seja capaz de sentir sua presença em todo lugar? Quem será aquele cachorro selvagem que parece seu amigo? Por que Carol, a mula, fica parada mesmo debaixo de toda a neve que cai? E onde foi parar Sam, que sumiu depois daquele barulho todo? Mas Rose não tem muito tempo para suas reflexões divertidas — e às vezes bem corretas. Agora ela deve voltar sua atenção para uma coisa muito mais séria: correr atrás de Sam, tentar encontrá-lo e, quem sabe, salvá-lo. No entanto, alguns perigos podem ser intransponíveis para uma cachorrinha..."


Editora: Novo Conceito (2013)
Título original: Rose in a Storm
Tradução: Alda Porto


Soldier - Leal Até o Fim (Sam Angus) pawpawpawpaw

Primeira Guerra Mundial. Stanley Ryder ama cães. Ele tem um irmão, Tom, que está fora de casa, lutando na França, e vive com seu amargurado pai, Da, na Inglaterra; sua mãe, Ma, é falecida. Da tem uma cadela de raça que é seu orgulho: Rocket. Porém, um dia Rocket foge de casa, cruza com um vira-lata, e tem filhotes totalmente indesejados por Da. Stanley, ao contrário, fica encantando com os filhotes e decide ficar com um deles, batizando-o de Soldier, em homenagem ao irmão. Porém, as coisas ficam tensas quando Da decide afogar os cãezinhos - Stanley, revoltado com o pai e desolado com o total desprezo que ele tem por seu próprio filho, resolve fugir de casa e se alistar no exército britânico - apesar de ser menor de idade. No meio de todo o horror da guerra, é o seu amor pelos cães que acabará salvando sua vida.

Editora: Novo Conceito
Título original: Soldier Dog
Tradução: Julio de Andrade Filho


Sombra (Michael Morpurgo)

"Em meio à guerra no Afeganistão, uma cachorra perdida, ferida e esfomeada, da raça springer spaniel, aparece diante de uma caverna, onde uma família tenta se proteger das ameaças dos soldados do Talibã. Um garoto afegão procura protegê-la e ela não o larga mais, apesar de enxotada e apedrejada por outras pessoas. Ele, então, a apelida de Sombra. Uma sombra que vai protegê-lo, guiá-lo e ajudá-lo a fugir do inferno."

Editora: Geração Editorial
Título original: Shadow
Tradução: Cássia Zanon


Timbuktu (Paul Auster) 

Numa mistura de fábula e romance escrita por Paul Auster — autor de Leviatã e Trilogia de Nova York — Timbuktu fala sobre a amizade entre o vira-lata Mr. Bones e seu dono, o semilouco (devido ao uso de drogas na juventude) poeta Willy G. Natal, sob o ponto de vista do cão. Juntos, os dois amigos sem-teto perambulam pelas ruas de Baltimore à procura de uma antiga professora de Willy (para que ela fique com os trabalhos do poeta) e de alguém que queira adotar Mr. Bones, até a hora em que o poeta se vai, deixando o pobre cão sozinho e desorientado. Mr. Bones então começa sua busca por um novo dono, enquanto ainda sonha com Willy e o dia que irá encontrá-lo novamente — em Timbuktu, o lugar para onde vão os mortos. Uma história comovente sobre amor, amizade, lealdade e... sofrimento.
 

Editora: Companhia das Letras (1999)
Título original: Timbuktu
Tradução: Rubens Figueiredo


Timoleon Vieta Volta Para Casa (Sam Stall)

Para agradar seu amante, Cockroft abandona seu amigo canino Timoleon Vieta na frente do Coliseu romano. Timoleon, então, começa uma jornada de volta à casa. Não devia.

Editora: Rocco (2005)
Título original: Timoleon Vieta Come Home
Tradução: Ryta Vinagre


Um Cachorro de Sorte (Mark Barrowcliffe)

A vida de Dave Bartok está uma droga — sua mãe morreu recentemente, ele está endividado por causa do pôquer e namora uma garota ambiciosa e maliciosa. Então ele encontra Reg, sua alma gêmea. Reg é um cachorro. E Reg começa a falar com ele... Dave é um corretor de imóveis honestíssimo e quando um excelente negócio cai em suas mãos — uma velha senhora finalmente decide queo melhor para ela é vender sua mansão — ele se vê metido no meio de bandidos que querem enganar a velhinha.
 

Editora: Record
Título original: Lucky Dog
Tradução: Alda Porto


Um Livro Perigoso pra Cachorro (Joe Garden, Janet Ginsburg, Chris Pauls, Anita Serwacki e Scott Sherman)

O Livro Perigoso para Garotos. O Livro das Garotas Audaciosas. Os cães Rex e Sparky resolveram escrever um livro também para ensinar todos os seres caninos como conviverem melhor com a raça humana, o que hoje em dia é uma tarefa difícil — não entendam errado, os dois amam seu humano (como fica mais do que provado ao final do livro), mas convenhamos, têm certas coisas que um cachorro não deve tolerar. Então, se você é um cachorro, compre este livro e aprenda a evitar coisas desagrádaveis como comprimidinhos escondidos na sua comida predileta, convidados chatos de um jantar promovido por seu dono ou roupinhas ridículas, bem como coisas úteis para o dia-dia, como construir uma caminha confortável com as roupas (sujas ou limpas) de seu dono, envergonhar seu dono/a em público quando ele/ela faz por merecer ou defender seu território daquele carteiro teimoso que não desiste de invadir seu espaço TODOS OS DIAS.

Editora: Novo Século (2009)
Título original: The Dangerous Book for Dogs: A Parody by Rex and Sparky
Tradução: Sally Tilelli e Camila Chagas
Ilustrações: Emily Flake

ISBN: 978-85-7679-215-4


Um Milagre Chamado Grace (Kristin von Kreisler)

Lila quase foi morta durante um massacre no escritório onde trabalhava. Em casa, se recuperando fisicamente e psicologicamente, ela acaba com a responsabilidade de cuidar de uma cachorra que está para ser adotada, como um favor a uma amiga, fervorosa protetora de animais. A princípio, Lila detesta a ideia, pois não gosta de cachorros, desde que foi mordida por um quando criança. Mas Grace uma cachorra que também tem sua cota de sofrimento e trauma acaba por ser uma grande aliada na cura de Lila.


Editora: Única Editora
Título original: An Unexpected Grace
Tradução:


Uma Segunda Chance (Susan Wilson) paw

Sentindo-se esmagado por uma vida onde o trabalho, o poder, o dinheiro e as aparências eram mais importantes do que tudo o mais, o empresário Adam March um dia surta e agride fisicamente sua secretária após ela cometer um pequeno erro. A partir daí, sua vida desanda; ele perde tudo o que mais estimava (ou pelo menos, achava que eram as coisas mais importantes da vida): dinheiro, poder, posição, sua elegante e exigente mulher e a filha adolescente. Em algum outro lugar da cidade, um cachorro é mantido prisioneiro, engaiolado, sem o carinho de um dono amoroso — ele é um Pit bull mestiço usado em violentas brigas de cães. Quando Adam é condenado a prestar serviços comunitários em um abrigo para sem-tetos, sua vida e visão do mundo começam a mudar, ainda mais quando seu caminho cruza com o do cachorro, cão de briga à procura de um destino melhor.

Editora: Sextante (2011)
Título original: One Good Dog
Tradução: Regina Lyra
ISBN:  978-85-7542-639-5


banner


VOLTAR